Mais um que entristeceu o sistema!*

Publicado: 5 de novembro de 2010 por Leandro Possadagua em Uncategorized

Carlos Barros Gonçalves (Parceiro!!!)

Hoje a felicidade me fez saltar da cama! Pensativo a respeito do que estaria por vir em meu dia, abri minha caixa de e-mail e puder ver a boa notícia que me esperava: Meu amigo Carlos Barros Gonçalves acabara de receber a notícia de sua aprovação no Doutorado do Programa de Pós Graduação da Universidade Federal do Paraná/UFPR. Imediatamente retornei a mensagem lhe parabenizando! Partilhar de sua alegria era meu dever, afinal, só quem passou o que ele passou pode mensurar esta fase da vida, só os melhores velejadores sabem o que é passar pelas grandes tempestades. O covarde está sempre com o barco da existência atracado num porto seguro.

Conheci este amigo há quase três anos, moramos numa mesma república: Carlos B. Gonçalves, Fabiano Coelho e Juliane Grazieli Bueno Mota. Como em toda família, as discussões era comuns, porém, mais comum do que as discussões eram os pedidos de desculpas e as reconciliações. Família de verdade! Conhecendo a trajetória do Carlos notei que havia em sua vida muitos aspectos semelhantes á minha, a infância humilde e recheada de dificuldades financeiras; os problemas familiares e várias outras coisas que não necessitam ser mencionadas aqui. Afinal, Carlos é mais um que – como diz a letra de Rap – entristeceu o sistema! Descobri desta convivência um cara tímido, fechado e às vezes até, intransponível! Mas, somado às minhas falhas de mortal, conseguimos prevalecer numa amizade fiel e verdadeira.

Lembro-me da recomendação de Jesus: “Chorar com os que choram e alegrar com os que se alegram!”. Sempre achei mais fácil chorar com os que estão tristes. Mas, por quê, já que o riso é mais fácil de brotar no rosto? Penso que, levados por nossas emoções temos mais facilidades de chorar, já que geralmente nos identificamos em algo que também sofremos. Mas… Alegrar com os que se alegram é tarefa difícil, principalmente se estamos vivendo momentos tristes. Não seria surpresa se nossa própria inveja nos impedisse de partilhar da alegria alheia, somos narcisistas sim! Se não estamos felizes nada nos importa. E dificilmente alguém concordará com estas linhas.

Mas o importante mesmo, é que num esforço quase sobre-humano, quero permanecer alegre neste dia. Não, a vida não está um paraíso terrestre, mas com a alegria partilhada de um amigo, me sinto mais feliz. Mando pra bem longe qualquer sentimento de inveja que tente torcer meus braços pra trás, e assim, mesmo que as lembranças recentes tentem me assombrar… Não me deixarei derrotar, terminarei este dia com um sorriso no rosto! Parabéns meu grande amigo Carlos! Obrigado por compartilhar comigo sua felicidade.

Leandro Possadagua (Co-autor deste Blog)

*Texto baseado na letra da música Faça por amor do Rapper Crônica Mendes.

Anúncios
comentários
  1. Sarah disse:

    =D

    Nunca tinha pensado por esse lado, como é difícil compartilhar a felicidade. Assim, de verdade mesmo. De coração. De fato, é muito mais difícil que compartilhar a tristeza. Que bom que hoje você conseguiu fazer isso. Parabéns pro seu amigo! Tomara que ele tenha um futuro brilhante.

    Mais dias contentes pra vc, sr. Possadagua.

    Bjim.

  2. Carlos disse:

    Oh meu grande amigo Possadagua…………..cara! 100 palavras para descrever o que senti ao ler esse seu texto! Por falta delas, deixo avisado o abraço amigo que darei quando tiver a feliz oportunidade de reve-lo. Saudd mano! Fik c Deus e muito obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s